Entidades:
Redes Sociais:
destaques
Metalúrgicos de Jundiaí
11/11/09 | Fonte: Redação CNTM

Associação dos Metalúrgicos Aposentados de Jundiaí

Os metalúrgicos aposentados da região de Jundiaí contam a partir de agora com uma entidade de classe exclusiva. Em solenidade realizada na manhã de sábado (7), que contou com a presença de cerca de 2 mil pessoas, foi fundada oficialmente a AMA - Associação dos Metalúrgicos Aposentados.


A solenidade de fundação da entidade aconteceu no Clube de Campo dos Metalúrgicos e reuniu cerca de 2 mil pessoas.

Os metalúrgicos aposentados da região contam a partir de agora com uma entidade de classe exclusiva. Em solenidade realizada na manhã de sábado (7), que contou com a presença de cerca de 2 mil pessoas, foi fundada oficialmente a AMA – Associação dos Metalúrgicos Aposentados.



Na avaliação do presidente do sindicato, Eliseu Silva Costa, o número de participantes da cerimônia de fundação, no nosso Clube de Campo, mostra que a entidade já nasceu grande. “Sem dúvida, tivemos um número muito expressivo de presentes, o que mostra que a AMA nasceu com força”, avaliou.

Num primeiro momento, a AMA surge como um braço do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista, que será o responsável pela direção da entidade. “A primeira diretoria da AMA, composta por 16 membros, será composta por diretores do próprio sindicato e terá mandato até outubro de 2012, ou seja, dois meses antes do término do atual mandato desta diretoria. Aí então será realizada uma eleição para escolher a nova direção da associação”, explicou o presidente do sindicato.



De acordo com ele, esta era uma antiga reivindicação dos metalúrgicos aposentados, que já contam, há anos, no sindicato, com um departamento especialmente voltado a eles. “Nosso departamento de aposentados funciona há vários anos, prestando serviços mais voltados ao esclarecimento de questões previdenciárias, e sempre recebemos solicitações para criar a AMA, como já existe em muitas cidades do Brasil, para que os aposentados possam organizar atividades, viagens, bailes, enfim, ter uma atuação específica para eles”, esclareceu.

Segundo o presidente, a partir de agora, a nova entidade começa a se estruturar para, no futuro, ter, inclusive, sua sede própria. “Esse é um dos objetivos, mas nesse primeiro momento começaremos a organizar atividades e colher sugestões. Nosso objetivo é esse, trabalhar pelos metalúrgicos aposentados, que sempre apoiaram o sindicato e, agora, chegou a hora de retribuirmos a eles essa confiança”, arrematou.

TEXTO: JAMILSON TONOLI
FOTOS: LÉO GÓES

Acesse o site www.metalurgicosjundiai.org.br

1
Seu comentário:
Nome:
Email:
  • Comentário de
    fatima vieira
    Postado em 08/09/11
    gostaria de saber ou melher ,entender oq eee buruco negro ,pq perderam ,????
29/08/14

A carta de suicídio de Getúlio Vargas

Em 24 de agosto de 2014 completa-se 60 anos da morte do ex-presidente de Getúlio Vargas. A carta de suicídio é um importante documento histórico brasileiro, em que Getúlio enumera os motivos que o levaram a acabar com a própria vida. Ouça a narração do radialista Luciano Barroso para a íntegra da carta de suicídio de Getúlio Vargas. http://ebcnare.de/Getulio

DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30
Receba notícias da CNTM:
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos
SAS, Quadra 06, Bloco K, Edifício Belvedere, Grupo 502 CEP 70.070-915, Brasília/DF 55 61 3223.5600 cntm@cntm.org.br