Entidades:
Redes Sociais:
destaques
Metalúrgicos de Campos/RJ
01/06/17 | Fonte: Federação dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro

Metalúrgicos de Campos, em campanha salarial, fazem nova assembleia de avaliação

Os metalúrgicos de Campos dos Goytacazes não aceitaram a proposta patronal de reajuste de 4,76%, parcelado em duas vezes.

Com data base em março, a categoria continua mobilizada, esperando novas rodadas de negociação para que o acordo coletivo possa avançar.

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Campos e Região, João Paulo da Cunha, a reivindicação é de 8% de aumento nos salários, acompanhando o reajuste do piso salarial regional e reajuste na cesta básica de R$ 80,00 para R$ 150,00.

A categoria quer ainda PLR (Participação nos Lucros e Resultados) mínima de duas parcelas de R$ 500, a serem pagas em setembro e fevereiro, além da manutenção das cláusulas sociais.

“Teremos nova assembleia agora no início de junho, para avaliarmos a situação e decidirmos o que fazer. A economia de Campos está estagnada, já sofremos muito com demissões em massa, mas precisamos valorizar a força do trabalho, que é a energia que precisamos para sair dessa situação. E vamos chegar lá”, afirmou João Paulo Cunha.

Rose Maria, Assessoria de Imprensa

Foto: Arquivo Fedmet-RJ

 

0
Seu comentário:
Nome:
Email:
01/06/17

Aroeira, música de Geraldo Vandré

Clique na seta no centro da imagem ao lado.

DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30
Receba notícias da CNTM:
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos
SAS, Quadra 06, Bloco K, Edifício Belvedere, Grupo 502 CEP 70.070-915, Brasília/DF 55 61 3223.5600 cntm@cntm.org.br