Entidades:
Redes Sociais:
destaques
Juros
01/06/17 | Fonte: Imprensa Metalúrgicos de SP

Juros têm de cair mais depressa

"Enquanto o governo federal insiste em cortar a taxa de juros básicos da economia na base do conta-gotas, a cada dois meses, a economia brasileira continua patinando, com o crédito apertado, a indústria estagnada e o desemprego aumentando. Já temos 14 milhões de desempregados no País e milhares de famílias morando nas ruas.

O corte da taxa Selic deveria ser mais agressivo para estimular os investimentos, mas isto requer coragem. O governo federal só é ousado quando se trata de tirar direitos trabalhistas e previdenciários; não entendeu ainda que mais empregos seguros e renda promovem crescimento econômico e justiça social.

Os juros continuam altos e travando o desenvolvimento e o crescimento tão almejado".

Miguel Torres
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo/Mogi das Cruzes e da CNTM e vice-presidente da Força Sindical

0
Seu comentário:
Nome:
Email:
01/06/17

Aroeira, música de Geraldo Vandré

Clique na seta no centro da imagem ao lado.

DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30
Receba notícias da CNTM:
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos
SAS, Quadra 06, Bloco K, Edifício Belvedere, Grupo 502 CEP 70.070-915, Brasília/DF 55 61 3223.5600 cntm@cntm.org.br